Hospedagem Profissional

Hospedagem Profissional
Clique aqui e ganhe US$ 10,00 para testar durante 1 mês a melhor hospedagem: Digital Ocean!

sábado, 10 de abril de 2010

O sucesso da busca por um novo emprego depende de foco

Um dos grandes erros que as pessoas cometem é entrar em contato com pessoas erradas ou ficarem concentradas demais na atualização do currículo

Qual a melhor forma de ter sucesso na busca por um novo emprego? Ter objetivos específicos em termos de empresas e pessoas que você precisa abordar, afirmam os especialistas em recolocação profissional. Infelizmente, a maior parte das pessoas tende a seguir o caminho errado, defende a presidente e CEO da consultoria norte-americana Make it Happen, Vicki Brackett.

O principal erro que os profissionais cometem na hora de encontrar um novo emprego é entrar em contato com pessoas que não podem ajudá-los, como recrutadores e gerentes de RH (Recursos Humanos). “Mas o maior equívoco é conduzir o processo de trás para frente”, ressalta, ao explicar que as pessoas ficam concentradas demais em atualizar seus currículos, quando deveriam enviá-los o mais rápido possível para sua rede de contatos.

Além disso, os especialistas alertam que quando existe uma série de pessoas utilizando a mesma abordagem nesse processo de recolocação profissional, as chances individuais de conseguir um novo emprego são menores. Assim, ela defende que cada profissional precisa construir uma marca própria para vender no mercado.

Discurso adequado

Outra dica da especialista é que, antes de uma entrevista de emprego, as pessoas entendam exatamente o mercado e a cultura da organização, bem como criem um discurso no qual mostrem como sua contratação pode resolver muitos dos problemas da companhia. “Qualquer contratante gosta de ouvir um potencial empregado falar de como pode ajudar a gerar mais dinheiro, reduzir custos ou minimizar riscos”, diz Vicki.

Ainda de acordo com a consultora, a recente crise internacional fez com que as empresas valorizassem mais as experiências passadas das pessoas. Isso exigirá mudanças na abordagem dos currículos, com o intuito de focar em iniciativas anteriores que tenham ajudado a empresa a sair de uma recessão, reduzir custos ou aumentar a participação de mercado.

Por Meridith Levinson via CIO Uol