Hospedagem Profissional

Hospedagem Profissional
Clique aqui e ganhe US$ 10,00 para testar durante 1 mês a melhor hospedagem: Digital Ocean!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Desenvolvimento Ágil

Na empresa britânica BSkyB, Ben Coombs acelera a criação de software

Embraer e Grupo Semco, aqui no Brasil, e BMW, Philips, Bosch e Toyota, no exterior, são alguns exemplos de empresas que estão de olho na criação de soft- ware através de metodologias ágeis de desenvolvimento, o chamado Agile Software Development. Mas é a equipe Agile do grupo britânico de mídia British Sky Broadcasting (BSkyB) que é considerada uma das mais eficientes do mundo no uso dessa técnica. O modo de trabalho consiste em produzir programas num prazo que varia de uma a seis semanas, por meio da constante interação entre programadores, clientes e executivos de TI. Ben Coombs, Agile Java developer da BSkyB, fala à Info CORPORATE sobre a aplicação da metodologia nas empresas.

Coombs, da BSkyBInfo CORPORATE - Quais são as principais vantagens e desvantagens no uso diário desse método?
Ben Coombs - A principal vantagem é que é muito mais divertido trabalhar dessa forma. O método estimula a qualidade no desenvolvimento, e a empresa adora ver idéias transformadas num produto funcional rapidamente. Com relação às desvantagens, o Agile requer a contribuição contínua do departamento que irá usar o produto. Eles têm de estar por perto para testar, responder questões ou explicar como querem que o programa funcione.

IC - Uma das críticas ao sistema Agile é que requer muita mudança cultural na adaptação. Como foi seu processo de aprendizado?
Coombs - Levou algumas semanas para que eu entendesse a forma de trabalho dessa metodologia. Com ela, toda a programação acontece em dupla. Eu costumo procrastinar por natureza, mas felizmente é difícil procrastinar quando se está trabalhando com um parceiro o dia inteiro.

IC - Como você está aproveitando essa metodologia no seu ambiente de trabalho?
Coombs - Tenho desenvolvido programas usando o processo Agile nos últimos seis meses. Meu time tem 16 desenvolvedores. Nós usamos o método TDD (Test Driven Development) para o processo de desenvolvimento, integração contínua, interação semanal, assim como lançamentos freqüentes e rápidas reuniões diárias para atualizar a equipe sobre o que já foi feito, o que ainda tem pela frente e comunicar eventuais problemas.

IC - Como funciona o trabalho de vocês com o Agile?
Coombs - Fazemos reuniões semanais. Começamos a semana reservando uma hora para a retrospectiva. É uma reunião democrática, que termina com uma votação das ações que têm de ser postas em prática na próxima interação para ajudar a melhorar o desempenho da equipe. É bem diferente de sistemas tradicionais, onde gerentes de projetos geralmente falam durante a maior parte do tempo.

IC - Como terminam os projetos?
Coombs - No final da interação temos uma exposição do que foi feito. Essa é a oportunidade de os desenvolvedores apresentarem uma versão demo para a empresa. Se os gerentes seniores da área que irá usar o software estiverem satisfeitos com o que foi mostrado, a versão ganha vida.

Por Angélica Mari, da Info CORPORATE